Na UNISC: Pesquisadores internacionais se reúnem em Escola de Inverno

A valorização das potencialidades regionais foi tema da conferência de abertura da Escola de Inverno, que acontece na Universidade de Santa Cruz do Sul (Unisc), na noite do último domingo (13). Os pesquisadores doutores Martin Coy e Markus Schermer, ambos da Universidade de Innsbruck, na Áustria, apresentaram um panorama acerca das necessidades e complexidades do desenvolvimento das regiões, frente às influências do sistema socioeconômico e sociopolítico global e exemplificaram a temática por meio de situações austríacas.

A partir do tema da conferência, A transformação da região: experiências austríacas com abordagens  endógenas, Coy discorreu, em um primeiro momento, sobre a discussão que acontece em seu país, sobre a transição para um desenvolvimento sustentável. Afirmou que acredita no potencial de trabalhos cada vez mais integrados, nesse sentido, e também engajados e orientados para a valorização dos atores regionais.

Schermer, por sua vez, mostrou ao público exemplos de quatro casos de diferentes regiões da Áustria, que trabalham com a integração da identidade em produtos e serviços regionais, baseados nas raízes culturais regionais e com a elaborações de imagens estratégicas das regiões, a partir de suas identidades culturais.

Apesar de tratarem de casos austríacos, ambos também relacionaram a temática da valorização das potencialidades regionais, por meio da identidade cultural, com exemplos da região do Vale do Rio Pardo.

Abertura da Escola de Inverno

A Escola de Inverno, com o tema Desenvolvimento regional: novas abordagens teóricas e metodológicas, teve início no último domingo, na Unisc. Trata-se de uma promoção do Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Regional da Unisc e da Fundação Universidade de Blumenau (Furb) e também do Institute of Geography da Unisersität Innsbruck (Áustria). Conta, ainda, com o apoio de outras duas universidades, representadas pelo Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Regional da Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul (Unijuí) e do Doutorado em Ciencias Sociales da Universidad Nacional de Río Cuarto (Argentina).

Durante a cerimônia de abertura, na noite de domingo, os representantes das universidades organizadoras ressaltaram a importância da iniciativa para a área de pesquisa em Desenvolvimento Regional. O professor Rogério Silveira, do PPGDR da Unisc, falou sobre o caráter internacional do evento. “A Escola de Inverno é um espaço de debate teórico-metodológico e de prática de pesquisa sobre desenvolvimento regional. É um marco importante para a Unisc, visando a internacionalização do nosso programa”. Nesse mesmo sentido, o professor Marcos Mateddi, do PPGDR da Furb, afirmou que a troca de experiência proporcionada em uma Escola de Inverno, colabora para o fortalecimento e a qualificação das pesquisas da área.

As atividades da Escola de Inverno tiveram início com uma saída de campo, já na manhã de domingo, na qual os participantes visitaram a propriedade da família Weber, no interior de Venâncio Aires, cuja produção é de base ecológica, produzindo açúcar mascavo, melado e hortigranjeiros. A programação segue até o dia 19 de setembro, terça-feira, com o debate sobre os projetos de pesquisas dos nove doutorandos selecionados para participar da escola, representando as Universidades de Santa Cruz do Sul, Blumenau, Ijuí, Innsbruck e Río Cuarto.

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn